Páginas

Pesquisar este blog

domingo, 22 de março de 2015

O que te faz amar uma pessoa?



           Um dia alguém me perguntou por que eu gosto tanto do Calvin e Haroldo, e eu não soube responder. Ahhh talvez porque ele fala muita coisa sem a menor cerimônia, ou porque o traço é muito fofo, ou porque ele tem um tigre de pelúcia que interage com ele e só com ele, porque ele vive num mundinho particular, como qualquer criança de seis anos... A verdade é que eu realmente não sei. Um dia li uma tirinha num livro didático de português, acho que da quinta série, e me apaixonei. Com objetos, músicas, bichos, etc. costuma ser assim também, eu não sei por que, eu simplesmente gosto. Com as pessoas não seria diferente, posso citar várias características legais em alguém, mas o motivo real de amar, eu não sei, e acho que isso é o barato da coisa.
          Pessoas não podem ser definidas por uma única característica ou mesmo por várias, seres humanos são muito complexos para qualquer definição. Geralmente as pessoas que eu mais gosto são as que mais ficam em silêncio comigo, sabe quando alguém não precisa falar nada, só estar ao seu lado? Ou te dando um abraço, ou dizendo com um olhar que “vai ficar tudo bem”? Porque parece que no silêncio você vê o todo e o nada, talvez seja a química, física ou algo do tipo? Talvez seja algo além do corpo, algum encontro em outra dimensão, como nos sonhos, que muitas vezes você não fala e nem escuta apenas sente as coisas. Enfim, não há nada de errado em dizer um “não sei” ao responder um porque você gosta disso ou daquilo, ou de alguém, algumas coisas a gente não precisa entender.

“Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?”

Ouvindo:

 


Compartilhe nas Redes Sociais