Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de março de 2015

Romantic or Creepy? #3

Essa semana foi difícil ficar em frente ao pc pra escrever (estar em fase de transformação para vampiro dá nisso ¬¬), mas eu não queria deixar de colocar aqui mais uma música. A escolhida de hoje tem uma letra muiiito fofa. Tá, nem tão fofa assim, mas pra quem tem problemas em expressar seus sentimentos é um ótimo exemplo.

Limp Bizkit – Eat You Alive


A conquista é algo problemático, dizer para o outro como se sente não é nem um pouco fácil, principalmente se você for um troglodita pé rapado como nosso amigo da música, veja como ele começa:

Hey you Mrs. I don’t know what the fuck your name is
I’m drawn to you, something’s magnetic here
If I could approach you
Or even get close to the scent that you left behind
I’d be fine
No doubt that (no doubt) you bring out (bring out) the animal inside

I’d eat you alive (4x)

Hey you Mrs. too good to look my way
And that’s cool you want nothing at all to do with me
But I want you, ain’t nothin’ wrong with, wanting you
‘Cause I’m a man and I can think what the hell I want
You got that straight?
No doubt that (no doubt) I’d love to (I’d love) sniff on them panties now

I’d eat you alive (4x)

Como dito antes esse moço da música é um amável troglodita pé rapado, então não podemos esperar dele nenhum lirismo, ele usa do que conhece pra demonstrar seu interesse na moça. Ele expõe o quanto os mundos deles são diferentes, já que ela aparenta ser uma menina bem esnobe, mas ele afirma que mesmo que ela não queira nada com ele, isso não o impede de querê-la.

I’m sorry, so sorry (damn you’re so hot)
You beauty is so vain (damn you’re so hot)
It drives me, yes it drives me (damn you’re so hot)
Absolutely insane

I just want to look at you
I just want to look at you
I just want to look at you all day
There ain’t nothing wrong, no
There ain’t nothing wrong with that

Once you seep in (once you seep in) under my skin (under my skin)
There’s nothing, there’s nothing in this world that could wash you away
Once you seep in (once you seep in) under my skin (under my skin)
There’s nothing, there’s nothing in this world that could wash you away (wash you away)

I’m sorry, so sorry (damn you’re so hot)
You beauty is so vain (damn you’re so hot)
It drives me, yes it drives me (damn you’re so hot)
Absolutely insane

I’d eat you alive (4x)

Mas mesmo com todo o jeito ogro, esse menino consegue ser fofo, está fascinado por ela, por sua beleza e isso está deixando-o louco. Ele acredita que nada no mundo fará com que a perca. Isso tem seu quê de fofura vai.
Tudo bem, essa música tem tudo pra ser creepy (cheirar calcinhas, oi?? oO), mas eu considero ela so cute, amor ao extremo. Toda vez que a ouço digo que estou em um dia romântico. Não podemos exigir apenas demonstrações de amor com palavras fofas e sentimentos profundos, algumas vezes a sinceridade, mesmo que crua, é tão romântica quanto. Amar não é um privilégio dos eruditos, e qualquer um pode expressar seus sentimentos da forma que for capaz. Mas por favor, não levem a letra da música ao literal, comer alguém vivo não é de bom tom! ;)


Compartilhe nas Redes Sociais