Páginas

Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de março de 2015

[poesia] Uma noite mal dormida

Uma noite mal dormida
O corpo não consegue descansar
A dor te deixa em torpor
E a mente não para de trabalhar
E tudo que você pode fazer é pensar
De olhos abertos encarando o teto
As lágrimas escorrem pelo rosto
A respiração parece quase desaparecer
Você sente seu corpo tremer
Pedir por uma ajuda que não pode ter
E então você parte pra ilusão
Cria um mundo novo, usa a imaginação
E ali você permanece até perder-se no tempo
E quando a dor por um instante some
E você acredita vencer
Ela ressurge mais forte
E te faz esmaecer
Naquele momento de puro vazio
Você fica livre de tudo
E procura no silêncio a resposta pra sua dor
A resposta não vem, mas o sol já raiou
E é preciso levantar, pois o mundo não vai parar
Um sorriso no rosto você tem que vestir
Dizer tudo bem é o texto a seguir
Mas quando se vê sozinha mais uma vez
Você engole o choro para não transparecer
Que a dor não te deixou nem por um segundo
E que ficar em pé é um esforço hercúleo
Nesse momento apenas deseja alguém para se amparar
Pra dizer que tudo vai melhorar
E que por um momento você possa esquecer
Fechar os olhos e apenas ouvir
“Deixa que eu cuido de você”





Compartilhe nas Redes Sociais